10 dicas de emagrecimento fáceis de aplicar ao dia a dia.

10 dicas de emagrecimento fáceis de aplicar ao dia a dia.

Dietas e truques para emagrecer nem sempre funcionam. Até dão resultados por algum tempo, mas não são sustentáveis a médio e longo prazos.
Não há milagres. O ideal é apostar na reeducação alimentar e botar o corpo para se movimentar. Trouxemos algumas dicas simples e que podem lhe ajudar nesse processo; confira:
dicas de emagrecimento
1. Faça pequenas refeições, com intervalos médios de 3 a 4 horas.
É um importante passo para você se reeducar com relação a alimentação. Lembre-se de não pular refeições; o ciclo ideal é: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.

2. Beba água e outros líquidos como sucos naturais e água de coco.
Eles dão sensação de saciedade e reduzem a vontade de comer alimentos mais calóricos, além de hidratar e limpar seu organismo. Um copo de água antes da refeição e você não se sentirá tão faminta.

3. Pratique uma atividade física ou uma combinação delas.
Não precisa começar pegando pesado, nem todos os dias. Comece com uma caminhada, três vezes por semana. Dance na sala de casa, ao som do rádio ou da TV. Ande até a escola do seu filho ou até o supermercado, desça alguns pontos antes e vá andando até em casa. Logo você estará praticando corrida e conjugando-a com outros exercícios, como musculação e natação.

4. Evite comer massas e alimentos calóricos em mais de uma refeição por dia.
Se você comeu pão no café da manhã, evite repeti-lo no lanche da tarde. Se comeu penne ao sugo no almoço, dê preferência a pratos mais leves no jantar. Diga não ao acúmulo de calorias.

5. Faça das frutas suas companheiras.
Leve-as com você para o trabalho ou sempre que ficar um tempo razoável fora de casa. Em vez de doces, gorduras, fast-food, prefira mastigar e degustar uvas, maçãs, tangerinas, morangos e outras frutas frescas — de preferência as da estação; economize —, pois elas diminuem a compulsão e ansiedade de comer e ainda nutrem e hidratam que é uma beleza.

6. Torne-se adepta dos chás.
Os chás ajudam a regular e equilibrar o organismo. Variar o sabor é sempre bom. Adotá-los como alimento principal não é recomendado, claro. Vale consultar seu médico sobre o uso frequente e sobre as ervas consumidas.

7. Estabeleça limites.
Sem obsessão, delimite a quantidade de alimentos em cada refeição. Uma boa ideia é escolher recipientes que só caibam o que você definiu consumir. Um prato menor dá a sensação de que você já tem o suficiente.

8. Compartilhe o prato e os hábitos cotidianos.
Que tal, naquele jantar, em vez de pedir um prato para cada um, pedir apenas um e dividi-lo para dois? Se você conhece alguém que tem as mesmas necessidades de emagrecimento e qualidade de vida que você, convide essa pessoa para lhe acompanhar em uma atividade física ou em algo que ajude a tirar vocês de casa e do sedentarismo.

9. Escove os dentes logo depois das refeições – especialmente depois do jantar.
Isso lhe fará menos propensa a comer de novo antes de ir para a cama, por exemplo.

10. Tire fotos de você.
Isso, fotografe sua evolução. Assim, você vê com seus próprios olhos, semana a semana, mês a mês, o progresso que está alcançando e se sentirá mais motivada a continuar sua disciplina em busca de mais saúde e qualidade de vida.

Post de macrilan

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.